A determinação do sexo e a herança relacionada com o sexo

Imprimir
PDF

Genética

A determinação do sexo e a herança relacionada com o sexo

por Renata de Freitas Martins

 

 Determinação do sexo por cromossomos sexuais

 

Pela análise do cariótipo podemos distinguir o sexo em numerosos seres vivos. Esse fato decorre da existência de um sistema genético de determinação do sexo, condicionado por cromossomos especiais, denominados cromossomos sexuais. Tal determinação sexual compreende quatro tipos: XY, XO, ZWe ZO.

 

Tipo XY

 

O sistema XY ocorre no homem, nos demais mamíferos e nos insetos dípteros. As fêmeas são caracterizados por XX e os machos por XY.

 

Tipo XO

 

A determinação sexual do tipo XO ocorre em algumas espécies de insetos, pertencentes aos hemípteros (percevejos),ortópteros (baratas e gafanhotos)e coleópteros (besouros),além dos nematóides (vermes). Nesses casos as células macho apresentam um cromossomo a menos que a fêmea, porque falta oY. Assim, fala-se em fêmea XX e macho XO.

 

Tipo ZW

 

No sistema ZW os cromossomos sexuais são invertidos: o macho apresenta dois cromossomos sexuais iguais, ZZ, enquanto a fêmea apresentadois diferentes, umZ e outro W.Este sistema aparece em lepidópteros (borboletas, mariposas), peixes e aves.

 

Tipo ZO

 

Ocorre em galinhas domésticas e répteis. Os machos são homogaméticos, com dois cromossomos sexuais iguais (ZZ) e as fêmeas são heterogaméticas, apresentando apenas um cromossomo sexual Z.

 

Determinação Sexual pela Cromatina Sexual

 

A identificação do sexo por meio do exame de cromossomos sexuais só é possível nas células em divisão. Todavia, mesmo em células em interfase, nas quais não se distinguem os cromossomos, podemos determinar e identificar o sexo.

 

Determinação do Sexo por Haploploidismo

 

Nos himenópteros (abelhas, vespas e formigas) a determinação sexual não envolve cromossomos sexuais. A rainha é uma fêmea fértil, cujos óvulos fecundados produzem fêmeas diplóides, enquanto os óvulos não fecundados evoluem partenogeneticamente para machos haplóides. As fêmeas férteis (rainhas) ou estéreis (obreiras) são determinadas pelo tipo de alimentação que as larvas recebem durante oseu desenvolvimento.

 

Enquanto as larvas das futuras operárias recebem apenas mel e pólen, as larvas que evoluirão para rainhas recebem ainda a geléia real, uma secreção glandular das operárias adultas.

 

Determinação do Sexo pelo Balanço Gênico

 

Na Drosophila melanogaster, conhecida vulgarmente como mosca-da-fruta, o sexo depende de um balanço entre o número de cromossomos X e o número de lotes (conjuntos) de autossomos.

 

Ginandromorfismo

 

É o fenômeno pelo qual um indivíduo de uma espécie bissexuada tem um "mosaico" (desenho)de partes masculinas e femininas. Em tais espécies faltam os hormônios sexuais circulantes, de modo que o fenótipo depende exclusivamente dos genótipos de cada célula, resultando da soma dos efeitos dos mesmos sobre as células do animal.

 

Determinação não Genética do Sexo

 

Existem casos em que a determinação do sexo é realizada pela ação do meio ambiente. Na maioria das vezes têm grande importância os hormônios sexuais.

 

Na drosófila e em outros insetos, as características sexuais secundárias dependem dos cromossomos e não dos hormônios, o que se prova facilmente: o transplante de testículo ou de ovário para o sexo oposto não altera os caracteres sexuais secundários desses insetos.

 

Alguns exemplos:

 

a) Galinhas: essas aves possuem um ovário normal do lado esquerdo e um testículo atrofiado do outro lado. Retirando-se o ovário, o testículo pode desenvolver-se e mudar o sexo para o masculino (reversão de sexo), aparecendo crista e plumagem vistosa, canto, porte ereto, e, inclusive, fertilidade como macho. O mesmo pode ser obtido pela remoção do ovário e implantação do testículo de um galo. A remoção dos testículos de um macho imaturo dará origem a uma ave com todas as características deuma galinha normal.

 

b) Gado Bovino: na prenhez gamelar, em que os gêmeos são de sexos diferentes, o testículo do sexo masculino desenvolve-se antes que o ovário do feto feminino. Os hormônios masculinos, devido à fusão da corrente sangüínea na placenta passam ao organismo da fêmea, tornando-se esta interssexuada, estéril: é a chamada freemartin ou vaca maninha ou machorro.

 

c) Bonellia viridis: trata-se de um verme equiurídeo que apresenta marcante dimorfismo sexual. A fêmea tem 8 cm de comprimento e sua tromba, quando distendida, chega a 1 m. O macho mede 1,5 mm de comprimento e vive na tromba da fêmea, alimentando-se de secreções desta. Trata-se de um animal de desenvolvimento indireto, ou seja, apresenta forma larvária. Quando a larva se desenvolve fora do organismo materno,origina uma fêmea; porém, quando se desenvolve dentro do organismo materno, dá origem a um macho, por ação hormonalda mãe. Se a larva for retirada do organismo da mãe antes da maturação completa, transformar-se-á em intersexuado.

 

Os Genes dos Cromossomos Sexuais

 

Os cromossomos X e Y apresentam um segmento homólogo, contendo genes alelos e duas regiões não homólogas, com genes não-alelos.

 

Os genes situados nos cromossomos sexuais são divididos em três grupos:

 

1. genes ligados ao sexo, que são os genes do segmento não homólogo de X;

 

2. genes holândricos, situados no segmento não-homólogo de Y;

 

3. genes parcialmente ligados ao sexo, isto é, genes localizados nos segmentos homólogos de X e Y.

 

Herança Ligada ao Sexo

 

Genes localizados exclusivamente no cromossomo sexual X são conhecidos como genes ligados ao sexo ou genes ligados ao X. A herança desses genes é conhecida como herança ligada ao sexo. Sendo as fêmeas XX e os machos XY, é evidente que os genes ligados ao sexo serão encontrados em dose dupla nas fêmeas e em dose simples nos machos.

 

Herança Holândrica ou Restrita ao Sexo

 

Os chamados genes holândricos são exclusivos do cromossomo Y. Tais genes só ocorrem nos indivíduos de sexo masculino e passam de geração a geração, sempre pela linhagem masculina.Atuando em dose simples, os genes holândricos nunca apresentam relação de dominância ou de recessividade.

 

Herança Influenciada pelo Sexo

 

É aquela em que os genes comportam-se como dominantes em um sexo e recessivos em outro. Tais genes não se localizam nos heterocromossomos, mas, sim, nos autossomos.         

 

 

Add comment


Security code
Refresh